15 itens para criar um E-mail Marketing de sucesso

Criar uma campanha promocional de email em tempo hábil é uma maneira fácil e econômica para dar o pontapé inicial nas vendas. Mas na pressa em criar essa campanha ou com o prazo apertado, é fácil cometer erros na criação desse email, esquecendo de elementos cruciais ou mesmo erros de digitação.

Neste post, nós listamos 15 itens para criar um email marketing de sucesso, por isso imprima, salve e use nos envios de email marketing de sua empresa.

1.  Assunto – As linhas de assunto devem ser curtas, diretas e instruir o destinatário quanto ao conteúdo da mensagem, gerando interesse. Use uma linguagem que também direcione o usuário para o caminho de conversão desejado. Uma dica importante é verificar se há erros de digitação.

2. Preheader – Um elemento surpreendentemente subutilizado nas campanhas de email marketing são os preheaders, que aparecem abaixo da linha de assunto no painel de visualização do cliente de email. Não repita palavras ou frases da linha de assunto, em vez disso, use o preheader como uma extensão da linha de assunto para ajudar a gerar mais interesse aos leitores.

3. Personalização correta – Ao usar a personalização na linha de assunto ou no corpo do e-mail, revise e teste os dados para garantir que estejam corretos. Use valores padrão quando os dados estiverem faltando, por exemplo, use um valor padrão de “Cliente” quando o primeiro nome estiver faltando no banco de dados.

4. Endereço de correspondência físico – Para ser compatível com as leis anti-spam, todas as mensagens de e-mail marketing devem conter um endereço de correspondência físico.

5. Cancelar a assinatura – Outro requisito da lei anti-spam é que toda mensagem de email deve incluir um link de cancelamento de assinatura de newsletter que funcione. Felizmente, muitos provedores de serviços de email têm a funcionalidade de cancelamento de assinatura incorporada, evitando o envio de um email de outra forma.

6. Capacidade de responder – Ocasionalmente, os assinantes clicarão em “responder” às mensagens de marketing. Certifique-se de ter acesso à conta de email que serve como resposta para suas mensagens de email e que ela seja acessada regularmente. Os inscritos podem responder que alteraram o endereço de email, desejam fazer um pedido ou estão com problemas no site.

7. Call to action – A menos que o objetivo seja branding ou fornecer informações, todos os emails devem ter um call to action simples e direto que permita que os clientes cliquem e devem funcionar em qualquer dispositivo.

8. Imagens leves – Confirme se todas as imagens são carregadas em todos os dispositivos, pois dependendo do host, as imagens podem demorar para serem renderizadas ou talvez nem sejam carregadas.

9. Responsividade – Visualize seu conteúdo no Litmus,  Acid ou em uma ferramenta semelhante. Estes programas mostrarão como o conteúdo é exibido em todas as combinações de dispositivos e clientes de email. É difícil, na nossa experiência, que um modelo de e-mail seja perfeito em todas as combinações. Concentre-se nos mais utilizados.

10. Público adequado – Conforme você segmenta seu público-alvo com base, como por exemplo, em compras recentes ou dados demográficos, verifique se a oferta e a mensagem são apropriadas para o segmento para o qual você está enviando.

11. Listas de cancelamento – É fácil ignorar uma audiência de uma campanha e as consequências podem ser terríveis. Verifique se você está enviando emails para uma lista saudável e sem nenhum cliente que tenha cancelado o envio de e-mails.

12. Links que funcionam e acompanham – Talvez a tarefa mais tediosa de preparar um email marketing seja verificar se cada link está correto e funcional. Da mesma forma, verifique se todos os parâmetros de rastreamento nos links estão atualizados, corretos e acionados. Links quebrados, links incorretos e parâmetros de rastreamento ausentes e disfuncionais podem arruinar os resultados.

13. Clique para chamar – A maioria dos clientes abrem os emails em seus smartphones. Verifique se seus emails têm um botão de clique para ligar para o telefone de sua empresa.

14. Produtos em destaque no estoque – Os destinatários de e-mail tendem a comprar itens que não são exibidos diretamente nos emails. No entanto, confirme se os itens em destaque estão com estoque antes da implantação da campanha.

15. Cupons de desconto – Verifique se os cupons de desconto em seus emails estão ativos e funcionando corretamente. Para ofertas com uma data de expiração apertada, certifique-se de que haja tempo suficiente para os clientes receberem, abrirem e agirem sobre a oferta.