Faça de sua Loja Virtual um negócio lucrativo IV

Apresente sua loja virtual de maneira pessoal, imagine que esteja cara a cara com o cliente, seja agradável, conquistador, mas sempre claro quanto às regras. Não confunda o cliente, pois isso pode lhe render prejuízo e além disso pode significar falta de credibilidade e compromisso com o cliente.

Marque presença nas redes sociais e desenvolva um relacionamento com seus clientes, procurando conhecê-lo melhor, tirando suas dúvidas, resolvendo problemas, isso irá garantir transparência a sua marca, significando portanto credibilidade para sua loja virtual. Facebook, Twitter, Orkut, Google + são as redes sociais mais importantes no momento, e com elas você tem maior proximidade com seu cliente;

Boa reputação é melhor caminho para que clientes indicam seus produtos ou serviços para amigos. Fortaleça os vínculos com seus clientes, tanto na fase pré-venda quanto no pós-venda. Dê suporte ao cliente, tenha ainda campos de comentários de outros clientes na página do produto, para fins de avaliação. Muitas pessoas decidem comprar após ver o comentário positivo de outras pessoas. Deixe seu cliente satisfeito, para que não tenha sua reputação comprometida.

Exibição dos dados de sua empresa, como endereço, CNPJ e telefone, proporcionam caráter sério e confiável ao seu e-commerce.

Especifique detalhadamente as características do produto, mas não copie de outros sites, pois conteúdo duplicado pode reverter mal posicionamento nos sites de buscas;

Seja rápido ao responder clientes, e melhor seja claro e objetivo nas respostas. Se houver falha nesse processo, procure recompensá-lo, deixo-o sentir como único e plenamente satisfeito.

Evite utilizar depósito bancário como forma de pagamento, imagine um volume de depósitos com mesmo valor, além de tudo, poderá comprometer o controle de estoque da loja. Seria muito trabalhoso tentar identificar cada depósito. O correto é que seu cliente não precise comunicá-lo do pagamento, que isso ocorra de forma que sua loja identifique todos dados das vendas e pagamentos realizados, como a plataforma Magento faz.

Rastreamento do pedido, essencial para transmitir credibilidade, além disso reduz a ansiedade do cliente quanto ao andamento de sua entrega, fazendo-o perceber quando da proximidade da entrega.

Evite erros comuns que ocorrem em muitas lojas virtuais, já fadadas ao fracasso: fazer descrições mentirosas ou mal elaboradas dos produtos, promoções que induzem ao engano, estoque mal controlado, fotos e imagens sem qualidade, prazo de entrega impossível de cumprir (não adianta culpar correios, transportadora, para o cliente é responsabilidade da loja), produtos mal embalados que acabam chegando com avarias ao cliente.

Respeite os direitos do consumidor, apesar de a legislação brasileira estar atrasada quanto ao mundo virtual, estabeleça suas regras de funcionamento dentro do Código Brasileiro do Consumidor, principalmente quanto à política de troca e devolução.Agindo dentro da lei você garante seus direitos!

Compartilhar